Escolha uma Página

Diego Alves, com 18.00, e Arrascaeta, com 11.10, são os outros rubro-negros no supertime. Em sua estreia no fantasy, camisa 10 da São Paulo é o melhor lateral da jornada com 14.30

Por Wilson Hebert — Rio de Janeiro

Seleção cartola rodada 15 — Foto: Infográfico

Seleção cartola rodada 15 — Foto: Infográfico

Foi uma rodada para deixar muito cartoleiro rindo à toa. Mais uma vez, tivemos medalhões na seleção da jornada #15. O mito foi Gabigol, com 19.00, que contou com a companhia de Diego Alves (18.00) e Arrascaeta (11.10), fazendo o Flamengo ser a equipe mais representada no supertime. O Corinthians é o segundo com mais jogadores: Everaldo (13.80) e Pedrinho (11.10). O estreante Dani Alves também marca presença como melhor lateral, fazendo 14.30. Além dele, o técnico Cuca é outro representante do São Paulo, com 7.61.

A mitada de Gabigol foi temperada com uma curiosidade. Inicialmente, o segundo gol do Flamengo foi dado para Bruno Henrique, mas na súmula, o árbitro Leandro Pedro Vuaden assinalou Gabriel Barbosa como autor, elevando a pontuação do atacante para 19.00. Em marcações de gol, o Cartola não tem nenhuma autonomia e segue exatamente o que é assinalado pelo árbitro na súmula, que é o documento oficial da partida.

Súmula de Vasco 1 x 4 Flamengo mostra Gabriel Barbosa com dois gols — Foto: Reprodução

Súmula de Vasco 1 x 4 Flamengo mostra Gabriel Barbosa com dois gols — Foto: Reprodução

 

Uma das maiores negativadas da rodada também contou com a participação da arbitragem. O zagueiro Gustavo Henrique, do Santos, foi expulso após o árbitro Anderson Daronco consultar o VAR e em seguida decidir pela marcação de uma falta perto da área e pela aplicação do cartão vermelho ao jogador do Peixe, que ficou com -5.50, mesma pontuação de Bruno Melo, do Fortaleza.